quarta-feira, outubro 14, 2009

Marcas, Design ou Publicidade?


Qual é mais importante para a relação entre empresas e consumidores? Qual é a relação entre estas ferramentas? Dê sua opinião

7 comentários:

Anônimo disse...

Acho que os 3 se integram, se completam. Não acredito numa regra que faça com que possamos dizer qual é mais importante. Pra mim não existe produto ou serviço sem uma marca, um design ou uma propaganda que o torne conhecido.

Cleide Melo Menegassi - Mkt N2

andreia disse...

(...) pelo fato de que nada é
por natureza um nome, mas somente
quando ele se torna símbolo,
pois nem mesmo quando sons
articulados como o dos animais
significam alguma coisa qualquer
um deles constitui um nome.
Aristóteles

Marca, Desing e Propaganda são ferramentas essencias para o sucesso...

MARCA - Um nome, sinal, design, símbolo ou quaisquer outras características que sirvam para diferenciar de forma distinta os produtos dos demais produtos dos concorrentes.

DESIGN: Ferramenta de comunicação de marketing que trabalha com formas, traços e cores.

PROPAGANDA: A divulgação de produto/empresa claramente patrocinada. Atua diretamente no consumidor para induzi-lo a comprar o produto. Quadro comparativo entre publicidade, propaganda e promoção de vendas.

Andreia Tinti - MKT
Fonte: http://www.portaldomarketing.com.br

S. Narciso disse...

(É este que está valendo ok??)

Afirmar que os três ítens (marca, design e publicidade) são um conjunto e que todos tem sua relevância na relação empresa/consumidor é óbvio, é clichê, todos sabemos disso. Um deles, porém ouso afirmar ser mais importante, ter uma certa proeminencia, a marca. Vou justificar o porquê.



Tá certo, a princípio podemos afirmar que o design de um produto ou logo marca, seja relevante, e é mesmo, mas acima dele está o valor que aquela marca representa, o valor que está agregado a este. Por mais que ocorra um insucesso de determinado artefato, grande parte das vezes é pela expectativa criada em torno do sucesso de seu antecessor, em ter algo diferente, inovador, algo além daquilo que já tem no mercado, aqui entra a evolução na concepção do produto. Mas e os produtos totalmente novos, como comparar? Apenas após lançarem um celular com conceito de bonito e pequeno que o Motorola DynaTAC 8000X passou a ter um design não tão agradável, ou feio mesmo.



Quanto a questão de publicidade, mais uma vez insisto que a força do "brand idea" é que determina a intensidade e relevância do enfoque publicitário que será dispensado a um produto. De que adianta um ótimo produto, bonito, preço competitivo, ou a qualidade de um serviço estampando as maiores mídias, se todos os meus concorrente estão fazendo o mesmo?
Agora tem algo que eles não copiam (óbvio, é proibido!!!) que é a marca. Stephen King disse, "o produto pode rapidamente se tornar ultrapassado, a marca de sucesso é eterna". A idéia da marca, forte, com grande valor agregado é comprada efetivamente pelo cliente quando esta continua satisfazendo suas necessidades, seus desejos. A marca será lembrada, muito mais do que o produto. Alias, ser lembrado é sinal de insucesso, só é lebrado o que é esquecido, uma ótima marca é inesquecível.



O celular citado anteriormente já passou, por mais que a Motorola tenha inovado em design e tecnologia, e em ações publicitarias voltadas a outro nicho de mercado, a força do "M" estilizado, o bordão "hello Moto!" tudo isso só foi possivel por que a empresa se tornou uma marca poderosa. Designe e publicidade são ferramentas da marca, desing tem que mudar o tempo todo, publicidade precisa mais do que tudo estar atenta a modernidade, mas isso é em função da força da marca, em agregar valor a ela. Quer ver uma coisa, olhe a imagem estampada no post e pense em uma marca. Fácil não é? Antes que defenda o desing da imagem, pensa numa latinha de refrigerante, aposto que pensou no mesmo não é?, e lata de refri são todas iguais!


http://opumanegro.blogspot.com/

Ronaldo lima disse...

Bom como a amiga disse os três se completam e acho o mais importante é que todos eles juntos querem te proporcionar experiências como o produto de modo que você não só passe a ser consumidor mas que venha a divulgar o produto.ou seja tem vários exemplos na internet que sem propaganda nos grandes meios de comunicação as pessoas divulgam os produtos e no "boca a boca" e isso tras mais confiança pois essas pessoas tiveram experiências com o produto.

ronaldo.lima disse...

Bom os 3 são importantes como já foi dito,mas vemos que todos eles querem que os clientes tenham experiências com o produto,mas acho que o visual se sobre sai dos outros,pelo fato de estarmos sempre correndo,trabalho,faculdade,casa e etc,somos pegos ainda pela propaganda visual.

entrelinhas disse...

Sinceramente, acho que os tres estao atralados e acabam se completando sem uma ordem cardinal que designe importancia,

Ps- FIZ O BLOGUINHO HEIM TECHARRRR? HUAHUAHUA.
=*

Will SanQ disse...

Comentando sobre a aula de ontem, a Dolly empresa de refrigerantes, faz comerciais bastante amadorísticos, sempre em datas comemorativas. Tem o Dollynho mascote da empresa que se apresenta em escolas, ganhando o público mirim.

William dos Santos - ADM N2