quinta-feira, maio 15, 2008

Ah tá! Marketing é defeito

Hoje ouvi no rádio algo que me deixa indignado. A reporter perguntava: "Será que fulano pensa isso de verdade ou é só marketing?"

Há pelo menos 1 década marketing é isso, mentira, enganação, coisa errada. Sinto dizer que não é! Marketing é atender anseios, entender, colocar as idéias de forma compreensíveis. Isso sem entrar em questões mais aprofundadas como sobre a necessidade do marketing para sobrevivência do mercado, da economia, dos empregos ...

Quando os profissionais dessa área vão levantar a estima do marketing?

Penso nisso, pense nisso.

quarta-feira, maio 14, 2008

O que não tem preço pra você?

A genial campanha da MasterCard, que está há quase uma década no ar, com o mote "tem coisas na vida que não têm preço" é um exemplo da influência poderosa da propaganda em nossa vida. Existem comunidades, fóruns, blogs num movimento mundial a respeito da campanha.

É claro que o objetivo é estabelecer e fortalecer a bandeira Master Card. Mas penso que a grande sacada é nos fazer sonhar, pensar, nos auto-avaliar: o que eu faço que não tem preço? O que eu posso fazer que não tem preço? Não custa nada... o que vem de dentro: sonhos, esperanças, desejos, atitude. Veja a força da mensagem.

A empresa de cartões de crédito agora nos convida a escrever o que não tem preço pra nós. É só entrar no site http://www.naotempreco.com.br/ e colocar alí sua história. Lá você já pode encontrar milhares de histórias, desejos, aspirações.

A marca conseguiu interferir no sentimento, desejos e sonhos das pessoas em todo o Mundo, se tornando um case fantástico da propaganda.

sábado, maio 10, 2008

Vontade de não escutar.

Ultimamente tenho soltado mais o verbo. Não sei se é pela minha rotina de professor/consultor, que certamente me obriga a um pensamento rápido e imediato ou se pela vontade de não escutar. Sempre fui de pensar antes de falar e tido como um bom ouvinte. Acredito que seja ainda, mas nos últimos tempos tenho falado mais do que ouvido.
Muitas vezes não é necessário falar. Comunicar é a união entre falar e ouvir. O ponto de equilíbrio entre quem fala e quem ouve. Nos esquecemos disso.

segunda-feira, maio 05, 2008

O tempo perdido

Quantas vezes temos tempo e nem sabemos. O tempo é senhor da razão (já dizia o provérbio). Quanto mais tempo temos, menos percebemos o tempo perdido.

A necessidade de lançar produtos, vender, lucrar, ganhar... consumir nos faz perder a noção do tempo. Queremos tudo pra agora - é a sua única oportunidade - não deixe pra amanhã - não perca - e outras frases feitas para nos seduzir. Abaixo o consumo consciente! Não planeje, não pense no futuro, a vida é curta... proclamam!

Penso nisso... pense nisso!

O video a seguir mostra bem como podemos (ou tentamos) controlar nosso impulsos.

video