terça-feira, fevereiro 10, 2009

Debate sobre o Novo Consumidor

Pessoal, comentem sobre o novo consumidor. As tendências que vocês encontram no seu dia a dia e as maneiras como as empresas se relacionam com o mercado atualmente. Se preferir entre no forum do Portal ENIAC.

Abs e sucesso!

23 comentários:

Lidia Neves disse...

O consumidor de hoje é um consumidor excessivo,antenado nas novas tendências e lançamentos,se preocupando mais com a marca do que qualidade.

FERNANDO GARBINI ENIAC disse...

FERNANDO GARBINI RA:917308
DOUGLACIANO REIS RA:771408
MÜLLER LISBOA RA:997608

Olá Professor Alexandre, somos alunos do 2º semestre de ADM noite 01.

Estamos aqui para comentar a respeito da aula que tivemos ontem, no primeiro dia de aula.

Antigamente o consumidor comprava produtos por necessidades que ali existia. Agora o novo consumidor esta comprando por que ele quer que exista um sentimento, compra não por necessidade e sim por prazer.
O desenvolvimento do mercado de trabalho esta, hoje em dia, atendendo mais a parte do sentimento do que a necessidade existente de comprar, como por exemplo o "posto de gasolina" citado no video de WALDEZ LUIZ LUDWIG, que antigamente vendia apenas gasolina, hoje em dia vende-se até "chocolatinho", picanha, carvão, e cigarro em alguns postos, pois o posto de gasolina virou "point", para os jovens. O marketing das empresas estão sendo ousados, pois conseguem induzir os clientes a comprarem por prazer, por existir um sentimento bom naquele produto, e não por existir uma necessidade em adquirir o tal produto.
Mas hoje os novos consumidores também estão se conscientizando em exigir o comprometimento social da empresa.

FERNANDO GARBINI ENIAC disse...

FERNANDO GARBINI RA:917308
DOUGLACIANO REIS RA:771408
MÜLLER LISBOA RA:997608

Olá Professor Alexandre, somos alunos do 2º semestre de ADM noite 01.

Estamos aqui para comentar a respeito da aula que tivemos ontem, no primeiro dia de aula.

Antigamente o consumidor comprava produtos por necessidades que ali existia. Agora o novo consumidor esta comprando por que ele quer que exista um sentimento, compra não por necessidade e sim por prazer.
O desenvolvimento do mercado de trabalho esta, hoje em dia, atendendo mais a parte do sentimento do que a necessidade existente de comprar, como por exemplo o "posto de gasolina" citado no video de WALDEZ LUIZ LUDWIG, que antigamente vendia apenas gasolina, hoje em dia vende-se até "chocolatinho", picanha, carvão, e cigarro em alguns postos, pois o posto de gasolina virou "point", para os jovens. O marketing das empresas estão sendo ousados, pois conseguem induzir os clientes a comprarem por prazer, por existir um sentimento bom naquele produto, e não por existir uma necessidade em adquirir o tal produto.
Mas hoje os novos consumidores também estão se conscientizando em exigir o comprometimento social da empresa.

Lidia Neves disse...

O consumidor de hoje é excessivo,consome por vaidade e não por necessidade,e se preocupa com nome (marca) e não com a qualidade do produto.

Anônimo disse...

O novo consumidor é exigente, conhecedor de seus direitos e almeja sempre o melhor. Antes de comprar analisa os benefícios e prazer. Busca satisfação, conforto e bem estar com o máximo em qualidade, preço e segurança.
A diferença entre produtos/serviços está no algo mais, no toque especial. As empresas que oferecem além do esperado estão sempre em evidência no mercado.
Um relacionamento que deixa transparecer cuidado com o cliente, certamente chama a atenção do consumidor.
Com a informatização e a globalização, o calor humano está cada vez mais raro.Então quando se investe em pessoas como ser singular, consegue-se a fidelização.
Eu mesma não acesso e-mails que são encaminhados a minha pessoa como "meu melhor amigo" com cópia para outros. O consumidor gosta de se sentir especial, principalmente quando não precisa pagar por isso!
Edna Poggio RA 950507

Eniac disse...

O novo consumidor está bem mais exigente. Eles tem mais opções de escolhas, melhores atendimentos, qualidade, enfim.
Hoje a alma do consumidor deve ser captada para um bom negócio engrenar, pois ele possui o poder de decisão.
Os produtos precisam adquirir inovações,autenticidade, credibilidade,e é necessário descobrir o local e o tempo certo para chamar sua atenção, conquistar sua confiança e fazer com que o produto oferecido o encante.
Uma empresa que almeja ser competitiva, deve sempre inovar e apostar em bons profissionais qualificados.

Anônimo disse...

Sou aluna do 2º semestre de ADM.turma noite2 Nome:Marileide Teles

O novo consumidor quer um produto que o encante, geralmente essas marcas se vendem sozinhas como a coca-cola.Esse produto tem um marketing tão bom que é reconhecido mundialmente e seus consumidores possuem a fidelidade.

Michel Rene Sanerip RA 937108 disse...

Olá,gostaria de manifestar a minha satisfação referente a esta semana de aula, pois agora realmente entramos em uma fase que todos almejam, a do conhecimento.
Com relação ao debate sobre o Novo Consumidor, queria concordar com o comentário de alguns colegas, mas acredito que novamente o perfil do consumidor esta mudando em nosso País, trabalho em uma empresa que diretamente trata com Público Classe AAA, Mercado de Luxo com produtos Supérfluos e Grifes, sou responsável pelo setor de Gifts (ex. Relógios, Óculos, Bolsas e etc...), neste seguimento estamos com uma queda nas vendas de 40% em média, e prova desta mudança é que este mesmo seguimento havia um crescimento de média de 38% ao mês,este novo consumidor esta mais cauteloso, não mais comprando por impulso ou mesmo para satisfazer antigos desejos, o consumidor atual somente compra com a certeza de estar fazendo um bom negócio, pois ele já vinha mostrando algumas mudança em seu comportamento, já era mais conhecedor dos seus direitos e do tipos de compra que estava fazendo, pois antes de comprar já sabia exatamente o que queria, quanto custava, qual a qualidade e benefícios que iria trazer.

muka disse...

O Novo Consumidor impulsiona o desejo de ascender socialmente, através de aquisições de bens materiais , a onde o consumo é de massa. Hoje na maioria os consumidores buscam o que querem comprar e não mais o que precisam....

Samuel Pauletto - 976308 - MKT 2º Semestre Noite II

william disse...

De William Tufanini
855908_Marketing 3 Semestre.

Boa noite Alexandre, primeiramente parabéns pela aula que nos deu, estou aqui para comentar sobre o vídeo do Waldez Ludwig, achei muito interessante deu para entender a diferença entre os consumidores de antigamente com os atuais consumidores, antigamente os consumidores preferiam produtos bons duradores e de qualidade já o consumidor atual gosta de estilo gosta de ter produtos famosos e muitas vezes não se preocupam com a qualidade, pensando assim acabam comprando produtos que não apresentam benefícios, mas acaba trazendo um sentimento.

TUFANINI CHOPPERS

jussara disse...

Acho q qndo uma marca vem c/ idéias q envolvem emoção... paixão e prazer é qse impossível não ser influênciado. Os novos consumidores tem desde sempre muito mais motivações q uma pessoa mais velhas, antigamente as pessoas compravam por necessidade e só...tinha sempre a intenção de guardar dinheiro, hj em dia não, as crianças são acostumadas desde pequenas q terem tudo q veem...brinquedos...aparelhinhos q eles não sabem p/ q serve!? Ai então qndo jovens querem carros... e aiii por diante. O estilo de vida da população está mudando, tudo está mais rápido e os " Novos Consumidores " estão abertos a novas tendencias de mercado.

Marcos Rogério disse...

Marcos Rogério da Silva RA:997108

O consumidor de hoje está comprando apenas as necessidades, não esta mais exagerando em suas compras, não compra mais por impulso e esta se preocupando muito com a marca que o produto leva, ao invés de se preocupar com a qualidade.

Deborah disse...

BOA TARDE!
DE ACORDO COM A ENTREVISTA DADA NO PROGRAMA DO JÔ SOARES PELO PSICOLOGO E ANALISTA WALDEZ LUDWING REALMENTE AO DECORRE DO TEMPO HOUVE VÁRIAS MUDANÇAS NÃO SÓ NA EVOLUÇÃO DA MARCA, MAS TAMBÉM NA ESCOLHA DO PRODUTO, NA TRANSFORMAÇÃO QUE O CONSUMIDOR SOFREU COM AS CONTRADIÇÕES DAS ESCOLHAS E O COMPORTAMENTO DIFERENCIADO DO QUE TINHAM HÁ 20ANOS ATRÁS.
ANTIGAMENTE O CONSUMIDOR COMPRAVA POR NECESSIDADE, HOJE EM DIA O QUE É PROCURADO SÃO PRODUTOS QUE AGREGUEM UMA EXPERIÊNCIA E QUE INOVE CADA DIA ( DE ACORDO COM A TECNOLÓGIA)."O CONSUMIDOR COMEÇOU A EXIGIR E A SABER MAIS SOBRE OS SEUS DIREITOS".( DEBORAH LIMA- 856008-MKT-NOITE II).

Edilaine da Silva disse...

Perfil do novo consumidor vai variar com a classe econômica, más no geral este consumidor atual e muito mais inteligente, sabe o que quer comprar, pesquisa preço, qualidade, durabilidade e o que vai gerar de beneficio a ele.
Não compra mais somente porque acende uma luzinha ou faz um barulhinho bonitinho.
Busca algo que realmente vai satisfazer a sua necessidade e que traga bem estar.

Rosa Dayse disse...

Em meu ponto de vista, o consumidor anda mais seletivo com o que deseja.Buscam informações,recorrem a amigos ou especialistas em determinados produtos ou serviços que pretendem adquirir no futuro.Há aqueles que fazem pesquisas e mais pesquisas em busca de um custo beneficio que melhor atenda suas necessidades e principalmente seu bolso;bem como existem consumidores que compram pelo simples impulso do momento.
Vale de tudo para as empresas,os clientes são o objetivo a ser conquistado,desde propagandas bem sacadas a mil maneiras diferentes de apresentar,demonstrar e vender seu produto e/ou serviço, a meta é conquistar o consumidor e vencer a concorrencia.

Bruna Aredes RA 796209 disse...

Bem, concordo com os comentários feitos pois o consumidor realmente está bem mais exigente nos dias de hoje. Uma mudança bem considerável também é que antigamente as pessoas consumiam por necessidade, hoje, as pessoas geralmente consomem por satisfação, o que faz com que a procura seja maior e mais específica, ou seja, complica um pouco a vida das empresas fornecedoras. Por exemplo, antes comprava-se um celular para poder se comunicar quando não estava em casa ou em qualquer lugar com um telefone fixo por perto. Já nos dias de hoje, as pessoas compram o celular se ele lhe agrada em questão de cor, questão de memória, questão de ter ou não internet, ou seja, as pessoas ficaram mais exigentes, já que com toda a tecnologia que vem surgindo as deixam ficar assim. Minha opinião é essa: as pessoas só ficaram exigentes nos dias de hoje porque a situação as deixaram ficar desse jeito.

Filipe M. disse...

Olá Profº
O consumidor atual visa tecnologias e inovações no mercado, mesmo que o preço a ser pago seja excessivamente alto.

R.A: 795009

nanysp disse...

o consumidor de hj é um ser que busca na aquisicão de produtos mais valores,mais facilidade no manuseio e consumo,nao aceitam qualquer coisa,buscam qualidade e preco justo,e qualidade nos servicos mas estamos em um caminho bom onde o consumidor hj esta se importanto mais com as resposabilidades tanto social qto ambiental isso as empresas vem ressaltando mto em seu mkt intitucional,isso para as empresas representa credibilidade,e c esta iniciatiava nos consumidores temos maiores chances de conhecer e saber o q é real ou oq é apenas, mkt.O consumidor esta mais antenado e mais informado,mas tb dispoe de maior canal p ter acesso ao consumismo,e consequentemente mais desperdicio e o uso desenfreado de bens q nao precisa.elaine bueno ra 954108

tati disse...

Olá Prof° meu nome é Tatiana Ra 723708.Sou aluna do curso processos gerencias noite 2 de sexta -feira.Aula foi muito boa..Mostrou como a tecnologia vem avançanado a cada dia.O video do rafinha excelente, adorei o video game virtual.Mostra que o consumidor a cada dia que passa tem novas necessidades e as empresas estao plugaldas a respeito.Por esse motivo que as empresas devem ser criativas e buscas novas ideias.

Fabio Campos disse...

A aula de sexta-feira dia 28/08/2009, foi bastante interessante, as vezes não notamos como as coisas estão acontencendo ao nosso lado e como todos temos um pouco de Rafinhas no nosso dia a dia, o consumidor está cada vez mais exigente e atualizado e por sua vez as empresas mais modernas e preocupadas em atingir diretamente ou indiretamente o consumidor.

Fábio C Teodoro - RA 702008 - Noite II - Sala 26A - Processos Gerenciais.

Fabio Campos disse...

Fábio C Teodoro RA 702008 Sala 26a Noite II - Processos Gerenciais.

A aula passada foi bastante interessante nos mostrando como todos temos um pouco de Rafinha no nosso dia a dia, e como os consumidores estão cada vez mais exigentes e as empresas cada vez mais modernas e preocupadas em alcançar estes consumidores.

°°¤ ÐaViÐ EÐsOn ¤°° disse...

Grupo Master

David Edson de Souza RA: 772607
Ronaldo Gomes de Lima RA: 917708
Daniel Pinheiro Junior RA: 889108

A evolução da tecnologia esta proporcionando muita comudidade a sociedade hoje em dia, porém, pessoas menos sociaveis, no momento ainda estamos vivendo uma ótima fase, onde podemos comprar produtos, fazer cursos, jogor etc, sem sair de casa, mais isso nas próximas gerações poderá ser prejudicial olhando pelo ponto de vista social. Toda essa evolução, realmente o grupo tem uma grande dúvida. Será que toda essa evolução compensa? Concluimos que em partes sim. Saúde por exemplo, hoje através da tecnologia é muito mais fácil encontrar um problema e dar solução, um exemplo claro tambem é a gripe "influenza", nós conseguimos estudar sem sair de casa, mais ainda sim nossa preferencia é o contato social.

°°¤ ÐaViÐ EÐsOn ¤°° disse...

Grupo Master

David Edson de Souza RA: 772607
Ronaldo Gomes de Lima RA: 917708
Daniel Pinheiro Junior RA: 889108

A evolução da tecnologia esta proporcionando muita comudidade a sociedade hoje em dia, porém, pessoas menos sociaveis, no momento ainda estamos vivendo uma ótima fase, onde podemos comprar produtos, fazer cursos, jogor etc, sem sair de casa, mais isso nas próximas gerações poderá ser prejudicial olhando pelo ponto de vista social. Toda essa evolução, realmente o grupo tem uma grande dúvida. Será que toda essa evolução compensa? Concluimos que em partes sim. Saúde por exemplo, hoje através da tecnologia é muito mais fácil encontrar um problema e dar solução, um exemplo claro tambem é a gripe "influenza", nós conseguimos estudar sem sair de casa, mais ainda sim nossa preferencia é o contato social.