sábado, maio 10, 2008

Vontade de não escutar.

Ultimamente tenho soltado mais o verbo. Não sei se é pela minha rotina de professor/consultor, que certamente me obriga a um pensamento rápido e imediato ou se pela vontade de não escutar. Sempre fui de pensar antes de falar e tido como um bom ouvinte. Acredito que seja ainda, mas nos últimos tempos tenho falado mais do que ouvido.
Muitas vezes não é necessário falar. Comunicar é a união entre falar e ouvir. O ponto de equilíbrio entre quem fala e quem ouve. Nos esquecemos disso.

Um comentário:

Sheila disse...

PROFESSOR VIM VISITAR O BLOG..
TO ACHANDO LEGAL!!!!