terça-feira, abril 29, 2008

A Neolinguagem

Quando escuto a molecada falar (sem nenhum carater pejorativo, chamo de molecada os jovens na faixa de 18 anos) percebo que nasce uma nova linguagem. O descompromisso com a linha culta do idioma é notório.

A maioria dos educadores certamente tece críticas e acha que é uma agressão ao nosso português. Mas... dá pra ver que estamos numa transição interessante. Pessoas ávidas por pertencer ao mundo. Saibam inglês ou não querem fazer parte da comunidade global, entender as tendências, estar conectados e plugados com tudo isso, que parece novo... mas não é.

Na terceira década de vida, fui criado sem tecnologia, mas quando ingressei no mercado ela já estava presente. Não dá pra imaginar um jovem que nunca sentou na frente de uma máquina de escrever e pensar que escreva de acordo com alguma regra pre-estabelecida.

Estamos diante de uma neolinguagem. Uma nova forma de comunicação que pela falta de compromisso traz de volta o prazer do relacionamento descontraído, sem nenhuma formalidade e totalmente livre. Comunicar não é isso?...

Um comentário:

Lara disse...

A comunicação só funciona com liberdade de expressão!
Tudo ligada á ela é muito bem aceito, gírias vá lá...agora erro de português, é matar o velho de desgosto né?

hahahaha